E-cig.ForumBrasil
Bem Vindo ao nosso Fórum!


E-Cig.ForumBrasil.net

Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por Karakuta em Qua Jan 11, 2012 10:57 am

Matéria publicada no jornal Folha de São Paulo em 11/01/12

Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Trabalho mostra que uso pode até dificultar abandono do fumo

DO “NEW YORK TIMES”
Os chicletes e adesivos de nicotina que milhões de fumantes usam para largar o vício não trazem nenhum benefício e podem ser prejudiciais em alguns casos, de acordo com o mais rigoroso estudo de longo prazo sobre a chamada terapia de reposição de nicotina.

O trabalho acompanhou quase 1.916 pessoas. Entre elas, fumantes, ex-fumantes e jovens adultos. Os participantes foram entrevistados em três oportunidades sobre o uso desse produtos, períodos de abstinência de tabaco e recaídas.

Em cada estágio, um terço das pessoas que tentavam parar de fumar não conseguiu. A forma como os produtos foram usados não fez diferença. O resultado foi ruim para quem usou o adesivo pelo tempo recomendado de seis semanas ou foi acompanhado por um profissional.

Fumantes pesados (um maço por dia ou mais) que usaram os produtos sem acompanhamento tiveram o dobro de recaídas do que aqueles que não usaram.

"O estudo essencialmente mostra que o que acontece no mundo real é muito diferente do que acontece em estudos clínicos", afirmou Hillel R. Alpert of Harvard, da Universidade de Massachusetts, um dos autores do trabalho.
avatar
Karakuta
SUPER EXPERT
SUPER EXPERT

Masculino Mensagens : 3460
Data de inscrição : 01/12/2010
Idade : 61
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por zanzaryum em Qua Jan 11, 2012 12:05 pm

eu ja usei adesivo!! da muita ansia e te deixa com cabeça oca
avatar
zanzaryum
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 271
Data de inscrição : 05/09/2011
Idade : 34
Localização : brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por sergiosann em Qua Jan 11, 2012 10:39 pm

Fundi esses dois tópicos pois o tema estava duplicado e foram feitos no mesmo dia. Como o do Karakuta foi feito primeiro, dei a preferência para fundir nele ok?
Quanto ao assunto, parece estar havendo uma pequena confusão por parte dos pesquisadores. Embora seja verdade que as TRNs não garantam a ninguém o abandono do vício, muito menos o retorno, eles passaram por cima do principal que é:
"As TRNs NUNCA pretenderam ser um remédio para abandono do vício" que se saiba isso ainda não existe. A proposta é única e exclusivamente, minimizar a síndrome de abstinência e assim aliviar a difícil tarefa de largar o cigarro! Somente isso. Eu já fiz uso de chicletes com nicotina e achei muito bom o resultado como repositor e não como um remédio milagroso. Isso vale para adesivos, sprays e inclusive nosso querido e-cig. A colocação do tema por parte dos repórteres, a meu ver foi infeliz e mais parece briga de indústrias que tudo o mais...
avatar
sergiosann
EXPERT
EXPERT

Masculino Mensagens : 1016
Data de inscrição : 02/07/2009
Idade : 55
Localização : Juiz de Fora

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por clarorib em Qui Jan 12, 2012 1:08 am

Complementando...


Olhem como o cigarro afeta (afetava!!!) o nosso corpo!!!
http://saude.ig.com.br/minhasaude/como-o-cigarro-afeta-o-corpo/n1597367938343.html

10 razões para você largar o cigarro agora:

1. Risco de morte. Parece óbvio, mas quando quantificamos o estrago, entende-se a extensão do perigo: cerca de 10 mil de pessoas morrem por dia por causa do fumo, alerta a Organização Mundial da Saúde (OMS). Para ter uma ideia, é como se Portugal sumisse do mapa a cada ano. E esqueça aquele papo de “mas meu tio fumou a vida inteira e morreu de velho!”. “Algum parente seu fumou muito tempo e não teve nada? Sorte a dele. Ninguém é igual e a maioria pode sim ter complicações devido a fumaça do tabaco”, alerta o médico pneumologista Valfredo Budin.

2. Danos à saúde do seu filho. Fumantes passivos em ambientes fechados correm um risco de 30% a mais de contrair câncer de pulmão e têm 24% de chances a mais de ter infarto. Já os bebês são cinco vezes mais propensos a ter morte súbita sem causa aparente.

3. Câncer. De acordo com o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), o cigarro está relacionado com os cânceres de boca, laringe, faringe, esôfago, pulmão, estômago, bexiga urinária, pâncreas, fígado, colo uterino, cólon, reto e até de mama. “O câncer de pulmão frequentemente é diagnosticado em um estágio avançado, proporcionando aos pacientes uma expectativa potencial de vida de oito a dez meses”, sentencia o médico oncologista Artur Katz.

4. Varizes nas pernas. “O cigarro enfraquece a parede da veia, propiciando a dilatação e a formação de varizes. Isso sem contar que aumenta a coagulação sanguínea, causando risco de trombose, sobretudo se associado ao uso de pílula anticoncepcional ou outro tipo de tratamento hormonal”, explica Eduardo Fávero, angiologista e cirurgião vascular.

5. Envelhecimento precoce. “Fumar faz com que a elasticidade da pele diminua, dando um aspecto mais envelhecido”, comenta a ginecologista Maria Cecília Erthal, diretora-médica do Centro de Fertilidade da Rede D’Or, no Rio de Janeiro. Isso sem contar que as unhas e os cabelos ficam quebradiços.

6. Complicações na gravidez. “Fumar durante a gestação aumenta o risco de aborto e parto prematuro, além disso, o recém-nascido de uma fumante fica mais irritadiço devido a crise de abstinência da nicotina que era absorvida através da placenta”, alerta a ginecologista.

7. Manchas nos dentes. “O efeito do alcatrão, da nicotina e de outros produtos tóxicos encontrados nos cigarros amarelam e causam manchas dentais. E não é só: quem fuma tem quatro vezes mais chances de contrair periodontite (doença que causa a destruição do osso que sustenta os dentes)”, diz Mario Kruczan, dentista especializado em periodontia e prótese dental. O cigarro está relacionado ainda com tártaros, mau hálito, alteração do paladar e até mesmo mudança no alinhamento dentário e perda dos dentes.

8. Doenças respiratórias e infecções pulmonares. O tabagismo é a principal causa de problemas cardiovasculares e respiratórios. “Em torno de 25% dos fumantes desenvolverá a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, que engloba a bronquite crônica e o enfisema pulmonar, em algum momento da vida. As lesões no tecido pulmonar causadas pelo cigarro são irreversíveis, mesmo que a pessoa tenha parado de fumar há muitos anos”, afirma o pneumologista José Jardim, professor da Faculdade de Medicina da Unifesp.

9. Infertilidade. Homens e mulheres que querem engravidar devem ficar longe do cigarro, que está associado à diminuição dos óvulos, à perda da função reprodutiva e à antecipação da menopausa. “Com relação aos homens, o fumo é responsável por uma relevante diminuição na contagem dos espermas, além de um aumento de espermas defeituosos”, afirma a ginecologista Silvana Chedid, especialista em Reprodução Humana.

10. Multa. Em muitas cidades brasileiras, fumar em local fechado dá prejuízo para o bolso. A multa é em dinheiro para o estabelecimento que permitir o cigarro e, em caso de reincidência, poderá ser interditado por até um mês. Em São Paulo, o primeiro flagrante custa R$ 792,50.
avatar
clarorib
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Mensagens : 171
Data de inscrição : 04/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por mamotchan em Qui Jan 12, 2012 6:52 am

nem precisava sergião, era só deletar... Razz
avatar
mamotchan
EXPERT
EXPERT

Masculino Mensagens : 1227
Data de inscrição : 02/06/2011
Idade : 39
Localização : São Paulo - Capital

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por bauer27 em Qui Jan 12, 2012 8:17 am

clarorib escreveu:Complementando...


Olhem como o cigarro afeta (afetava!!!) o nosso corpo!!!
http://saude.ig.com.br/minhasaude/como-o-cigarro-afeta-o-corpo/n1597367938343.html

10 razões para você largar o cigarro agora:

1. Risco de morte. Parece óbvio, mas quando quantificamos o estrago, entende-se a extensão do perigo: cerca de 10 mil de pessoas morrem por dia por causa do fumo, alerta a Organização Mundial da Saúde (OMS). Para ter uma ideia, é como se Portugal sumisse do mapa a cada ano. E esqueça aquele papo de “mas meu tio fumou a vida inteira e morreu de velho!”. “Algum parente seu fumou muito tempo e não teve nada? Sorte a dele. Ninguém é igual e a maioria pode sim ter complicações devido a fumaça do tabaco”, alerta o médico pneumologista Valfredo Budin.

2. Danos à saúde do seu filho. Fumantes passivos em ambientes fechados correm um risco de 30% a mais de contrair câncer de pulmão e têm 24% de chances a mais de ter infarto. Já os bebês são cinco vezes mais propensos a ter morte súbita sem causa aparente.

3. Câncer. De acordo com o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), o cigarro está relacionado com os cânceres de boca, laringe, faringe, esôfago, pulmão, estômago, bexiga urinária, pâncreas, fígado, colo uterino, cólon, reto e até de mama. “O câncer de pulmão frequentemente é diagnosticado em um estágio avançado, proporcionando aos pacientes uma expectativa potencial de vida de oito a dez meses”, sentencia o médico oncologista Artur Katz.

4. Varizes nas pernas. “O cigarro enfraquece a parede da veia, propiciando a dilatação e a formação de varizes. Isso sem contar que aumenta a coagulação sanguínea, causando risco de trombose, sobretudo se associado ao uso de pílula anticoncepcional ou outro tipo de tratamento hormonal”, explica Eduardo Fávero, angiologista e cirurgião vascular.

5. Envelhecimento precoce. “Fumar faz com que a elasticidade da pele diminua, dando um aspecto mais envelhecido”, comenta a ginecologista Maria Cecília Erthal, diretora-médica do Centro de Fertilidade da Rede D’Or, no Rio de Janeiro. Isso sem contar que as unhas e os cabelos ficam quebradiços.

6. Complicações na gravidez. “Fumar durante a gestação aumenta o risco de aborto e parto prematuro, além disso, o recém-nascido de uma fumante fica mais irritadiço devido a crise de abstinência da nicotina que era absorvida através da placenta”, alerta a ginecologista.

7. Manchas nos dentes. “O efeito do alcatrão, da nicotina e de outros produtos tóxicos encontrados nos cigarros amarelam e causam manchas dentais. E não é só: quem fuma tem quatro vezes mais chances de contrair periodontite (doença que causa a destruição do osso que sustenta os dentes)”, diz Mario Kruczan, dentista especializado em periodontia e prótese dental. O cigarro está relacionado ainda com tártaros, mau hálito, alteração do paladar e até mesmo mudança no alinhamento dentário e perda dos dentes.

8. Doenças respiratórias e infecções pulmonares. O tabagismo é a principal causa de problemas cardiovasculares e respiratórios. “Em torno de 25% dos fumantes desenvolverá a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, que engloba a bronquite crônica e o enfisema pulmonar, em algum momento da vida. As lesões no tecido pulmonar causadas pelo cigarro são irreversíveis, mesmo que a pessoa tenha parado de fumar há muitos anos”, afirma o pneumologista José Jardim, professor da Faculdade de Medicina da Unifesp.

9. Infertilidade. Homens e mulheres que querem engravidar devem ficar longe do cigarro, que está associado à diminuição dos óvulos, à perda da função reprodutiva e à antecipação da menopausa. “Com relação aos homens, o fumo é responsável por uma relevante diminuição na contagem dos espermas, além de um aumento de espermas defeituosos”, afirma a ginecologista Silvana Chedid, especialista em Reprodução Humana.

10. Multa. Em muitas cidades brasileiras, fumar em local fechado dá prejuízo para o bolso. A multa é em dinheiro para o estabelecimento que permitir o cigarro e, em caso de reincidência, poderá ser interditado por até um mês. Em São Paulo, o primeiro flagrante custa R$ 792,50.

na boa sei la se é por que eu estou abandonando o vicio ou tudo mais, é evidente que eu ja sabia de todas estas informações, mas agora que estou indo por outro caminho, que absurdo que é fumar esses cigarros, são verdadeiros bastões de veneno, não ha como entender como alguem em sã consciencia continue com o vicio
avatar
bauer27
USUÁRIO
USUÁRIO

Masculino Mensagens : 46
Data de inscrição : 06/01/2012
Idade : 37
Localização : sao paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por locodosul em Sex Jan 13, 2012 6:06 am

Meu pai fumava 2 maços por dia e parou de fumar há 5 anos usando os adesivos por um período de 3 meses.
Há algum tempo eu tentei com os chicletes e fiquei 4 meses sem fumar. Depois voltei. Com o e-cig está sendo bem tranquilo até agora...
avatar
locodosul
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 446
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 40
Localização : Canoas-RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por zanzaryum em Sex Jan 13, 2012 10:26 am

eh!! tem gente que consegue!! eu atribuo o vicio naum só a nicotina..mas muita gente quando perde o habito perde um pouco do sentido das coisas...ou seja naum eh só fisico, cyclops existe uma dependencia psicologica tbm...e naum eh pela nicotina..é pelo simples fato de sair na rua e fumar...ir na sacada...sei la...
avatar
zanzaryum
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 271
Data de inscrição : 05/09/2011
Idade : 34
Localização : brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por regina em Sex Jan 13, 2012 12:16 pm

Eu tb tentei usar o adesivo, mas quando ficava com muita vontade de fumar, arrancava o adesivo e fumava. Se eu dormia com o adesivo não conseguia pegar no sono com facilidade e a qualidade do sono era ruim, acordava péssima!Pelo menos para mim não funcionou. Os chicletes me davam enjôo.
Só me dei bem com os e-cigs, tiro e queda para mim.
avatar
regina
V.I.P - COLABORADOR
V.I.P - COLABORADOR

Feminino Mensagens : 1452
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 62
Localização : são paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por clarorib em Dom Jan 22, 2012 8:00 pm

Dr. Hilary Jones: "É sem dúvida preferível fumar cigarros electrónicos...
No programa de televisão Inglês ITV's Daybreak foi apresentado início de uma nova "era" para os fumadores. O Dr. Hillary e os apresentadores do talk show discutiram os benefícios do cigarro electrónico quando comparado com o cigarro tradicional.
Foi anunciada a abertura de um novo bar "vaping bar" em Yorkshire onde fumadores podem usar livremente cigarros electrónicos. O ato de fumar um cigarro electrónico também pode ser designado por vapear, uma vez que estes dispositivos produzem nicotina em forma de vapor que pode ser inalada.

O Dr. Hilary disse: "Os cigarros electrónicos fornecem nicotina vaporizada sem alcatrão, não existindo por isso carcinogénicos causadores de câncro no pulmão nem fumadores passivos. As pessoas que frequentam o bar fumam e fazem-no de uma forma segura com os cigarros electrónicos."
Os apresentadores incluindo Adrian Chiles, Christine Bleakley e Kate Garraway discutiram o porquê dos cigarros electrónicos conterem apenas nicotina para simularem a sensação de fumar um cigarro convencional e de serem de longe mais saudáveis devido a ausência de alcatrão e tabaco.
O Dr. Hilary comentou ainda que os cigarros electrónicos são idênticos a pastilhas de nicotina, pensos e sprays utilizados para ajudar a deixar de fumar. No seguimento de notícias recentes onde uma unidade do Governo Inglês se demonstrou interessada em encorajar o uso dos cigarros electrónicos como uma alternativa mais saudável que poderá ajudar a reduzir drasticamente o número de óbitos no país e os danos irreversíveis na saúde dos fumadores. A discussão levada a cabo no Daybreak repesenta mais outro passo importante para uma aceitação massiva destes dispositivos.

Na semana passada, um artigo na influente revista Forbes Americana apelava à promoção do cigarro electrónico em vez da sua banição. Apelava por uma revisão internacional na regulamentação, o escritor Tim Worstall disse: "Será uma boa ideia ingerir nicotina de um modo não mortífero? Ou é preferível continuar a ingerir a nicotina através de um método que possa matar?"
Adrian Everett, um dos diretores de uma conhecida marca de cigarros electrónicos Inglesa disse:
"Os cigarros electrónicos estão a tornar-se cada vez mais populares pelas simples razão de que milhares de fumantes querem continuar a fumar, mas preferem fazê-lo de através de um método mais saudável do que com os cigarros tradicionais. Estes dispositivos para além de serem mais económicos podem ser utilizados em quase todos os lugares públicos. Serão sempre bem vindas as discussões como esta que ocorreu no Daybreak porque ajuda as pessoas a ficarem atentas ao fato de existir uma alterantiva credível ao uso dos cigarros tradicionais(...)."
Fonte: http://www.e-lites.co.uk/news/daybreak/
Sobre Dr. Hilary Jones: http://www.drhilaryjones.com/about/
avatar
clarorib
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Mensagens : 171
Data de inscrição : 04/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chicletes e adesivos de nicotina não funcionam, aponta estudo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum