E-cig.ForumBrasil
Bem Vindo ao nosso Fórum!


E-Cig.ForumBrasil.net

30 dias de Vapor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

30 dias de Vapor

Mensagem por RacerX em Qui Ago 25, 2011 5:10 pm

Boas pessoal! Conforme prometi deixarei aqui meu depoimento de abandono(?) do cigarro. Acredito que ainda é cedo para eu me considerar um ex-fumante apesar de estar há trinta dias longe do cigarro.

O começo

Bom, fumei durante 21 anos. Comecei tardiamente com 19 anos porque a maioria dos meus amigos fumava e alguns ainda fumam. Sentia-me deslocado no meio deles e acabei caindo nessa de fumar para me enturmar. Foi um grande erro, pois adquiri um hábito sabidamente ruim para a saúde.

Iniciei com uns tragos, depois um cigarro, dois....três e quando me dei conta já era um tabagista.

Fumei Free, Hilton, Marlboro, JPSpecial e muitos outros cigarros. Cheguei a fumar dois maços/dia, reduzi e depois estabilizei entre meio e um maço/dia.

Nestes 21 anos fiz algumas tentativas para abandonar o vício (umas três tentativas). Na primeira tentativa, depois que comecei a fumar, fiquei uns cinco dias sem fumar. Depois voltei.

Na segunda tentativa, fiquei umas duas semanas sem fumar. Não resisti e voltei novamente.

A Pausa

A terceira tentativa foi um pouco diferente. Como a empresa na qual eu trabalho queria conquistar o selo de “Empresa Livre do Tabaco”, fez uma campanha e deu um prazo de um ano para que os fumantes parassem de fumar nas dependências da empresa. Neste tempo desativou gradativamente os fumódromos e ofereceu ajuda psicológica aos colaboradores.

Fiz 20 sessões de terapia em grupo e poderia optar pela prescrição de medicação para auxiliar o abando do vício. Optei por não utilizar a medicação e ficar só na terapia. A terapeuta que nos acompanhou era ex-fumante e estava há dez anos sem fumar, o que me ajudou muito pois tratava-se de uma pessoa que sabia muito bem os sintomas da abstinência.

Aproximadamente cinco sessões antes do término da terapia, havia parado de fumar e assim fiquei por aproximadamente um ano e meio. Os quatro primeiros meses de abstinência foram muito duros para mim. Senti na pele alguns sintomas da falta de nicotina. Nada muito forte, mas o que mais me incomodou foi a insônia e a variação de humor. A partir da segunda semana de abstinência comecei a ficar irritado. Na sexta semana comecei a ficar super irritado. Na décima semana comecei a ficar ultra-high-power-plus irritado então comecei a me preocupar.

Descontava a minha angustia nos colegas de trabalho, nos meus amigos e na minha família. Comecei a me afastar das pessoas e não participava mais das atividades nem com a família nem com os amigos. Até mesmo a música, uma grande paixão da minha vida e também uma segunda fonte de renda, começou a ser afetada.

Foram meses difíceis, mas aos poucos e com o apoio de todos que me rodeavam comecei a melhorar.

A partir do sexto mês de abstinência havia voltado ao normal, mas o cigarro ainda era algo que não saia da minha cabeça. Na maioria das coisas que fazia sempre pensava no “maledeto”! Sempre pensava comigo mesmo: “Hum... até que um cigarrinho cairia bem agora” e confesso que as vezes a tentação era muito forte.

A Recaída

Após aproximadamente um ano e um mês longe dos cigarros fiz uma viagem de férias com minha família. Nesta viagem estava presente um primo da minha esposa com a noiva. Ele é um fumante assumido, daqueles que tem o cigarro na mão o tempo todo.

Certo dia, após retornar da praia, praticamos o ritual sagrado de acender a churrasqueira e assar aquela picanha suculenta regada com muita cerveja. Fizemos a primeira etapa do churrasco tranquilamente e apesar deste cara (o primo) ter fumado vários Marlboro Light na minha frente e de eu ter consumido várias latas de cerveja, não estava nem um pouco interessado em fumar. Mas aconteceu um fato que mudou toda a história! Um pequeno detalhe, ingênuo, sutil, superficial, me arrastaria novamente para o buraco.

Ao abastecer a churrasqueira novamente, o primo, com a “chupeta do capeta” na boca tira a grelha da churrasqueira para abastecê-la com carvão. Eis que então ele saca a “chupeta do capeta” da boca e pede para eu segura-la por um instante.

Amigos, foi um misto de repudia e admiração! Naqueles poucos segundos lembrei-me do esforço que fiz para parar de fumar e por tudo que passei, mas lembrei-me também de como era bom dar uns tragos.

Pensei comigo: “Porra! Um traguinho só não vai me fazer um fumante novamente!”. Estava há mais de um ano sem fumar e acreditei piamente que poderia dar um trago só pra matar a curiosidade e então o ditado se consumou: “A curiosidade matou o gato!”

Dei um trago daqueles dos bons! Foi tão profundo que a brasa parecei o bico de um ônibus espacial reentrando na atmosfera terrestre! Rsssss!!!

Nem preciso falar que depois do trago fiquei mais tonto que barata depois que toma um banho de Baigon!

Depois disso tomei umas duas tequilas e uma lata de cerveja para disfarçar o cheiro e não fumei mais naquela noite. Sim amigos, naquela noite. Porque no dia seguinte, quando estávamos na praia, me deu uma vontade enorme de fumar! Segurei-me o quanto pude e quando a patroa saiu de perto e levou as crianças para a água, virei para o primo e disse: “se você for fumar deixa que eu acendo o cigarro pra ti”. E assim foi. Acendi e dei uns três tragos.

Mais tarde, quando estávamos nos preparando para o ritual do churrasco pedi um cigarro e fumei inteiro. Depois pedi outro, e depois mais um.

Conclusão: no dia seguinte logo pela manhã quando fui até a padaria comprar o pão para o café aproveitei e comprei um “Cartão Vermeio” junto.

Para mim a história de abstinência terminava naquela padaria, naquele momento.

Ficamos uns quinze dias na praia e não fumei como fumava antes. O maço durou uns quatro dias antes e assim foi com os outros maços que comprei nesta viagem.

Findada as férias e voltando ao trabalho o consumo de cigarros começou aumentar. Se antes o maço durava entre três e quatro dias, agora durava apenas dois. Poucas semanas depois o maço passou a durar um dia e meio e depois aproximadamente um dia.

E assim esta “besta” que vos escreve voltou a ser um tabagista! Ressuscitei meu Zippo e comecei a enterrar minha saúde.

O Medo

Em março deste ano comecei a sentir que minha saúde não andava lá das melhores. Mesmo tendo 39 anos (hoje tenho 40) senti que já não tinha pique pra fazer muita coisa. Notei também que ficava gripado com mais frequência e o fôlego estava indo para o “vinagre”. Procurei um médico e relatei como estava me sentindo. É claro que a primeira pergunta que ele me fez foi:

- “Você fuma?”.

- “Sim doutor, fumo”, respondi com cara de quem já sabia o sermão que ouviria.

- “Então para de fumar que você melhora!”, me respondeu pegando o receituário e me prescrevendo alguns remédios para a minha recém-chegada sinusite. Também me deu um sermão básico falando da saúde das pessoas que fumam e blá...blá...blá...

Mas o que ficou marcado foi que ele me perguntou se eu era casado ou tinha filhos. Respondi que sim e ele complementou dizendo que o problema, além da minha saúde, era dar trabalho para a minha família caso se manifestasse alguma “doencinha” adquirida pelo péssimo hábito de fumar. Também me falou que trabalhara num hospital e era comum ver o sofrimento dos familiares de pacientes que possuíam doenças causadas pelo cigarro.

Amigos, aquilo me deu um calafrio na espinha sem igual!

Para completar esta fase meu filho (de 6 anos) e minha filha (de 4 anos) me intimaram várias vezes dizendo que fumar faz mal para saúde e ainda por cima apontaram uma carteira de cigarro com a foto de defunto com o peito costurado. Além de comentarem sem nenhuma cerimônia que eu fedia!!!

Depois que eles nasceram parei de fumar dentro de casa e sempre evitei fumar na presença deles, mas invariavelmente eles me pegavam fumando.

Juntei com o que o médico me falou e comecei a ficar com medo e angustiado. Não medo da morte propriamente dita, mas medo de deixa-los sós.

A Esperança


Depois deste maremoto de frases e palavras dos médicos, filhos, pais e amigos, resolvi buscar uma alternativa para largar novamente o cigarro.

Sabia que se eu parasse novamente na raça ficaria irritado e ninguém tinha obrigação de me aturar.

Recorri ao oráculo superior da atualidade (Google).

Pesquisei sobre métodos para cessar o uso do cigarro. Piteiras, gomas, adesivos, medicação, macumba e por ai vai. Tudo tinha um efeito colateral, tudo parecia difícil. Estava pensando que ficaria fadado apenas a minha pouca força de vontade e consequentemente ao fracasso.

Então, numa de minhas pesquisas, encontrei um artigo dizendo que o FDA proibira o uso de cigarros eletrônicos porque também eram cancerígenos. Perai! Cigarro eleoque?

Pensei: “Já ouvi isso em algum lugar”. Comecei a revirar a minha memória e lembrei-me de uma matéria que saiu na Super Interessante há anos falando algo a respeito. Só me lembro que o artigo falava que um único cigarro eletrônico equivalia a um maço inteiro e talvez por este motivo que não me interessei na época.

Comecei a ler o artigo que o FDA abominava o e-cig. Depois vi um banner na página do artigo de uma propaganda de e-cig. Acessei o link e acho que era um health. Pensei: “Carai! É igualzinho a um cigarro normal!!!”. E continuei pesquisando.

Acessei o youtube. Deveria ter algum vídeo mostrando alguém fumando esse trem!

Digitei “Cigarro Eletrônico”.... Enter! ..... Pá.... um monte de vídeo! Rodei algumas páginas e caí numa página onde tinha um senhor. “Porra! Um tiozinho?! Deve ser algo interessante”, pensei.

Acessei o vídeo logo de cara ele se apresenta cumprimentando os brasileiros e falando de um tal de eGo da Janty!!! Caramba!!! Um brasileiro morando na Europa fazendo um review de um cigarro eletrônico para os brasileiros?!?!?! Fórum e-cig Brasil?!?! Mas tem um fórum de cigarro eletrônico no Brasil?!?! Olha só os pensamentos que permeavam minha cabeça de teta!!!!

Resolvi assistir o vídeo.

PUTA QUE PARIU (desculpe o termo e o grito)!!!! Sai fumaça pra cacete!!!! Não é possível!!!! Como esse trem ficou escondido tanto tempo de mim?!?! Essa foi minha reação, pura e simples. Fiquei completamente bestificado.

Ainda assisti outros vídeos e vi vários modelos de e-cigs.

E corre pro fórum!!! Fiz o cadastro, me apresentei e comecei a consumir o fórum de cabo a rabo!

Li relatos e mais relatos do pessoal dizendo como é bom vaporar, que não era possível imaginar que algum dia gostaram de cigarros etc., etc..

A Mudança

Depois de ler e reler o fórum resolvi tomar coragem e enviar algumas MPs para alguns usuários. Enviei e prontamente recebi as respostas.

Então resolvi encomendar um 510-T manual (kit) da HG. Acreditava que seria a melhor opção, pois em tamanho e aparência era muito similar a um cigarro.

Antes de encomendar o pessoal foi categórico em avisar que demoraria entre 20 e 40 dias para receber os 510. E assim passei aproximadamente duas semanas lendo o fórum, esperando meus 510 e fumando feito um dragão na boca do inferno!

Mas não aguentei!!!! Entrei em contato com o Nilo, Gustavo e Cristian e fui bem atendido pelos três. Na época estava sem dinheiro e consegui convencer a patroa a me deixar comprar o meu e-cig. “Pode comprar, mas vê se compra o mais barato!”....rsssss... deu pra perceber quem manda em casa? Rsssss

Troquei alguns e-mails com o Cristian. No dia 26/07/11 pedi para ele me enviar um Tornado-T. No dia 27/07/11 minha mãe me liga no trabalho dizendo: “Filho. Chegou um SEDEX pra você”.

Quase cai da cadeira!!! Pedi num dia e no outro estava em casa?!? Vai ser eficiente assim na "casa do caralh..."!!! rssss! Sei que minha mãe me ligou por volta das 14:30 hs e minha ansiedade era tanta para ir embora e pegar o Tornado que até parecia que colaram os ponteiros do relógio. Não andavam!!!

Enfim saí do trabalho, peguei a patroa no trabalho dela e voei para a casa da minha mãe. Chegando lá já fui perguntando do SEDEX. Peguei a caixa abri e lá estava meu “Malvado Favorido” repousando dentro de seu abrigo!!!! Rssss!!!! Além dele vieram os tanks reserva, o carregador, 2 dois juices e mais uns apetrechos.

Respirei fundo, entoei um mantra e espetei a bateria para carregar. Abri o fórum e fui revisar os tópicos, pois não queria cometer nenhum erro.

Depois de um tempo a led do carregador ficou verde! Go Speed Racer!!! Go Speed Racer!!! Rssss

Já tinha tirado o primer, enchido o tanque e estava só esperando a bateria. Coloquei a bateria e.........Tchan! Tchan!,Tchan! Tchaaaaan!

Hum?!?! Queimado?!?!? Gosto de queimado?!?!? What a hell!!!! Vamo novamente.... Queimado?!?!? De novo?!?!? Mas que merda!!!!

Deixei o Tornado de lado e mandei um e-mail pro Cristian. Não deu nem 10 minutos e ele me responde para puxar algumas vezes a frio pois provavelmente o líquido não tinha molhado o pavio (já tinha feito isso). Fiz o procedimento e mesmo assim o gosto continuou. Imaginei que estava fazendo alguma coisa errada. Abri um tópico no fórum perguntando se isso era normal. Prontamente o pessoal me respondeu orientando da mesma maneira que o Cristian orientou.

Dei umas 30 vaporadas e o gosto ainda estava lá. Menos acentuado, mas estava. Imaginei que a drenagem fora mal feita e que algum resto de primer ficou no atty.

Tinha 4 cigarros na carteira. Desencanei e resolvi acabar com eles e assim aconteceu.

Deixei o atty descansando, como na posição de drenagem lenta e a bateria carregando. Deixei o tanque cheio e espetado no atty. Imaginei que o líquido, aos pouco encharcaria o pavio.

No dia seguinte, peguei a caixinha de SEDEX com tudo que tinha dentro e fui trabalhar. No caminho fiz uma promessa para mim mesmo que, mesmo que sentisse aquele gosto de queimado não compraria cigarros.

Cheguei no trabalho e tomei meu cafezinho. Liguei meus PCs e fui fumar, opa fumar não, fui vaporar. Exatamente a mesma rotina diária.

Fui para o local que os fumantes se reúnem, no portão da empresa, fiz o sinal da cruz e.........

Vapor!!!! Muuuito vapooooor!!! Ainda com um fundo de queimado, mas tava bão dimais da conta sô!!!

Que maravilha!!!!! Que TH forte também!!!! TW de 18mg Tabaco!!! Tabaco mesmo só nome porque é bem diferente do tabaco do analógico.

O gosto era diferente mas era bom! Dei uns 30 puffs e voltei pra minha sala. Instintivamente entrei no banheiro para lavar as mãos e tirar o cheiro de cinzeiro.

Hum?!? Cadê o cheiro?!? Não tem cheiro!!!! Rsssss!!! Que maravilha!!! Sem cheiro!!!!

Não resisti! Dei uns puffs na minha sala e chamei uma colega. Perguntei se ela estava sentindo algum cheiro estranho. Ela disse que não. Pedi para ela estender a mão e dei uma vaporada na mão dela. Ela não entendeu nada e ainda perguntou se eu tinha virado o “Rogério de Ogun” ou se eu faria concurso para pai-de-santo! Pedi para ela cheirar a própria mão e dizer que cheiro tinha.

“Não tem cheiro de nada” ela me disse.

Sucesso!!!! Finalmente não vou feder!!!!

E assim foi meu início no mundo do vapor.

A Esperança

Passando esta fase inicial de aprendizado (acredito que minha curva ainda não se estabilizou), pretendo reduzir o nível de nicotina. Não me sinto muito confortável para me aventurar no DIY e acredito que preciso experimentar mais juices de outros fabricantes antes de produzir os meus. Até agora só experimentei 2 juices da TW e 2 da HALO.

Pretendo chegar ao nível zero de nicotina em um futuro não muito distante e, um pouco mais além, parar também de vaporar.

Li que outras pessoas conseguiram parar inclusive com o vapor.

Espero que este dia também chegue para mim e para quem tem o mesmo pensamento que o meu. Mas tenho em mente que a pressa não será minha aliada.

Epílogo (?)


E assim termina meu depoimento, mas antes de agradecê-los pela leitura deste “pequeno” livro contando uma pequena parte da minha saga, gostaria de deixar algumas considerações:

- realmente vaporar é muito melhor que fumar!

- meu fôlego está bem melhor e espero que melhore ainda mais, mas sei que, o que o cigarro “levou” não tem mais como recuperar;

- tive algumas reações, mas nada muito sério: garganta e boca ressecada, algumas espinhas, meu pulso ficou um pouco acelerado. Mas atribuo esta última reação ao stress do trabalho e um problema de saúde na família além de eu ter exagerado no vapor;

- fiz 2 encomendas na HG. A primeira com os start do 510 no dia 14/07 e a segunda com dois attys no dia 18/07. A primeira chegou no dia 16/08 e a segunda no dia 17/08. Agora só Deus sabe o que acontece com as importações;

- e finalmente.... se não fosse este fórum eu ainda estaria sofrendo com os cigarros analógicos. Ainda estaria desestimulado, me sentindo cansado, com vergonha de mim mesmo e fedendo.

Quero registrar meus sinceros agradecimentos ao Karakuta que respondeu várias MPs que enviei para ele. Sempre respondeu as minhas dúvidas com muita paciência. Mestre, obrigado!

Agora sim pessoal..... muito obrigado as meninas pela paciência e aos meninos pelo saco de ler esta saga.

Forte abraço!

Rogério. [b]

RacerX
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 298
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 46
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por adriatol em Qui Ago 25, 2011 5:51 pm

Rogério, parabéns pelo depoimento!
Fiquei emocionada e também muito feliz ao constatar que mais um amigo se livrou dos "fedidos-fedorentos-cancerígenos". :aplauso:
Desejo muita sorte e força pra você e que esses trinta dias se transformem em muitos mais dias, saudáveis, felizes e cheirosos. cheers
Grande abraço

________________________________________

"O egoísmo é a fonte de todos os vícios, como a caridade o é de todas as virtudes". Allan Kardec
avatar
adriatol
SUPER EXPERT
SUPER EXPERT

Feminino Mensagens : 3011
Data de inscrição : 05/06/2011
Idade : 42
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Rodolfo em Qui Ago 25, 2011 5:53 pm

parabens estou a caminho dos 30 dias chego lá!!!!1
avatar
Rodolfo
V.I.P - COLABORADOR
V.I.P - COLABORADOR

Masculino Mensagens : 194
Data de inscrição : 03/08/2011
Idade : 56
Localização : São Paulo -Capital

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Karakuta em Qui Ago 25, 2011 6:13 pm

Que beleza RacerX!

Belo depoimento. É importante que as pessoas leiam e vejam que não é só com elas que é difícil. Claro que os detalhes são diferentes, mas o cerne da questão é o mesmo para todos.

Agradeço a honra de ter me mencionado. Nem foram tantas MP assim. E me orgulho de ter ajudado, mas o crédito verdadeiro é do fórum. Apenas repassei a ajuda que recebi.

Um abraço e continue firme.

avatar
Karakuta
SUPER EXPERT
SUPER EXPERT

Masculino Mensagens : 3460
Data de inscrição : 01/12/2010
Idade : 61
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Maria Elenice em Qui Ago 25, 2011 6:17 pm

Parabéns RacerX, seu depoimento me tocou. E seu testemunho também me fortaleceu.
Continue firme.

Grande abraço.

Maria Elenice
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Mensagens : 399
Data de inscrição : 02/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Zane em Qui Ago 25, 2011 7:29 pm

Parabéns RacerX!!! :aplauso:

Maravilhoso o seu depoimento!!! Força e continue em frente!

Abçs
avatar
Zane
EXPERT
EXPERT

Feminino Mensagens : 1795
Data de inscrição : 10/10/2010
Idade : 53
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Elcio em Qui Ago 25, 2011 8:15 pm

RacerX, "Parabéns", seu relato é algo de muito especial, pois qdo começamos a ler, não queremos mais parar.

Abçs Smile
avatar
Elcio
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 545
Data de inscrição : 23/02/2011
Idade : 55
Localização : Campo Grande - MS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por zimmer em Qui Ago 25, 2011 8:43 pm

Rogério, muito bom!!! Congratulações pelo seu depoimento!! Dei boas risadas com a sua trajetória até aqui e fico feliz por sua perseverança e por consequência seu sucesso.

Abraço.
avatar
zimmer
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 870
Data de inscrição : 03/07/2011
Idade : 36
Localização : Santa Catarina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por andré brum em Qui Ago 25, 2011 9:39 pm

Cara, que belo depoimento! Deixou-me emocionado mesmo! Parece incrível que alguém volte a fumar depois de 1 ano e meio, mas eu mesmo tenho um conhecido que voltou depois de 5 anos!!!! Pra mim isso mostra o quanto é poderoso esse nosso inimigo, e que nossa luta contra ele será pra sempre! Mas se antes lutávamos sozinhos, agora temos o e-cig!

Parabéns pelo seu primeiro mês! Se Deus quiser logo será 1 ano, 2 anos...

Grande abraço, e good vapes for us!!!
avatar
andré brum
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 392
Data de inscrição : 01/08/2011
Idade : 45
Localização : Rio de Janeiro/RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Historiador em Qui Ago 25, 2011 10:31 pm

Parabéns mesmo! Isso aí todos seremos steampunks pois nossa realidade já é punk e já temos o steam (steampunk-estilo literário que narra histórias numa era vitoriana imaginária com máquinas a vapor como tanques de guerra e submarinos. Julio Verne é um exemplo).
avatar
Historiador
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 557
Data de inscrição : 06/07/2011
Idade : 36
Localização : São Bernardo do Campo SP Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por RacerX em Qui Ago 25, 2011 10:51 pm

Meus sinceros agradecimentos ao fórum e a todos vocês.
Técnicamente meu 30° dia será neste sábado dia 27, mas me empolguei e juro que não prestei atenção no calendário. Fui escrevendo e acabou saindo isso dai.
- adriatol - tambem me emocionei muito com o primeiro depoimento que li aqui no forum e isso me deu força pra querer mudar;

- Rodolfo - você chegará lá e certamente passará desta marca. Força meu velho!;

- Karakuta - mestre, o sr° é um do caras mais coerentes aqui do fórum. Se não fossem as tuas dicas ainda estaria "patinado", e minha esposa continua sem fumar (e-cig e analógicos) há mais de três semanas! Mas deixei um 510-T montado caso ela tenha alguma recaida;

- Maria Elenice - obrigado pelas palavras e fico feliz que você tenha se identificado com meu relato. Logo você também passa dos 30;

- Zane - terei orgulho quando a minha assinatura chegar na tua marca atua: 99 dias e 23 horas sem analógicos;

- Elcio - obrigado pela paciência em ler o meu relato e pelas palavras;

- zimmer - o humor é a chave para uma vida melhor. Lembro de um depoimento, acho que do openbr2... eu choro de rir até hoje quando ele fla que o camelo do maço de Camel estava chorando prevendo que seria abandonado....rssss;

- andré brum - Pois é meu amigo. Minha cunhada voltou depois de 8 anos sem fumar. Estou tentando convence-la que o e-cig é uma alternativa viável para o consumo de nicotina. Li um texto publicado aqui no fórum do Drauzio Varella que compara a nicotina a uma serpende adormecida, pronta para dar o bote. É a mais pura verdade.

- Historiador - é isso mesmo e temos a vantagem de ser brasileiros. Não desistimos nunca....rsssss!

Aos novatos (e eu me incluo nesta categoria) deixo a seguinte mensagem:

É possível mudar de fumaça para vapor! Se eu consegui acredito que qualquer um tambem consegue parar de fumar e apenas vaporar.

É isso ai pessoal!

Forte abraço!

RacerX
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 298
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 46
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por MárioSom em Qui Ago 25, 2011 11:46 pm

RacerX,
Parabéns por este depoimento tão cheio de detalhes e forte emoção!
Com certeza, é um incentivo a mais para aqueles que ainda titubeiam entre esse ou aquele !
Meu brother, por esse relato, discordo do que Você diz no início !
Com essa garra toda, Você já é sim, um ex fumante !
Parabéns! :aplauso:
avatar
MárioSom
V.I.P - COLABORADOR
V.I.P - COLABORADOR

Masculino Mensagens : 307
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 63
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por RacerX em Qui Ago 25, 2011 11:48 pm

Opa Mário!!!! Quero acreditar que fedidos nunca mais!!!!
E que Deus me livre da tal "Confiscação"


Abraço!

RacerX
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 298
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 46
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Marcia em Sex Ago 26, 2011 12:18 am

Show!.. Parabéns, RacerX... Pelo seu depoimento e pelos 30 dias longe dos analógicos..
Vaporar é mesmo muito melhor... E eu ainda estou amargando o meu kit descartável....
Fico só imaginando quando o meu ego chegar...
Smile
avatar
Marcia
V.I.P - COLABORADOR
V.I.P - COLABORADOR

Feminino Mensagens : 684
Data de inscrição : 18/07/2011
Idade : 54
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por newerecig em Sex Ago 26, 2011 3:55 am

Olá,

Cara, parabéns pela vitória e pela história da sua vida. Muito bom o seu depoimento.

Tive a mesma recaída que você (depois de 1 ano sem cigarro), após o primeiro trago, voltei com tudo. Também encontrei o fórum quando estava fadado a ter que enfrentar novamente aqueles métodos 'filhas-da-puta' disponíveis e ACEITOS em nosso país, caros, cheios de efeitos colaterais e ineficientes. Tudo isto motivado pelo futuro nascimento da minha filha (que chegou e nunca sentiu (nem sentirá) o pai dela fedendo cigarro).

Sendo assim, desejo sucesso na sua jornada e coloco-me à disposição caso possa ajudá-lo em algo.

Boa sorte,

[]'s

avatar
newerecig
EXPERT
EXPERT

Masculino Mensagens : 1720
Data de inscrição : 06/01/2011
Idade : 35
Localização : SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por lisandrofio em Sex Ago 26, 2011 8:15 am

Muito bacana o depoimento!

Além de rir bastante fiquei admirado com a sua sinceridade em vários momentos!

O cigarro é mesmo um demônio!
basta bobear pra voltar a fuamar como nunca!!!!!!!


Abraços, força e boa sorte!
avatar
lisandrofio
V.I.P - COLABORADOR
V.I.P - COLABORADOR

Masculino Mensagens : 969
Data de inscrição : 29/06/2011
Idade : 36
Localização : Aguas de Lindoia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por joelkfr em Sex Ago 26, 2011 1:00 pm

Poxa parabéns mesmo pelo seu relato, confesso que fiquei emocionado com o seu testemunho na luta contra os fedidos pois me identifiquei em varias partes
, tenho1 filho de 3 anos e ele foi a principal razão de eu ter abandonado os cigarros, mas estive quase entregando os pontos e por pouco não voltei a fumar após 11 meses sem dar 1 tragada, e foi assistindo o mesmo video do tiozinho que eu cheguei até o forum e descobri o meu safe getaway, obrigado pelo seu relato pois sei que vai ajudar muito a quem esta na luta contra os anlogicos.

joelkfr
USUÁRIO
USUÁRIO

Masculino Mensagens : 42
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 36
Localização : curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por RacerX em Sex Ago 26, 2011 7:54 pm

- Márcia,
fique tranquila que o seu eGo logo chega e ai você ficará tranquila;

- newer,
obrigado pelos votos. Seus tópicos são muito bons e me instruiram bastabte;

-lisandrofio,
e põe demonio nisso! Conheço uma pessoa que mesmo tendo um nódulo no pescoço, fez rádio e depois voltou a fumar.

-joelkfr,
eu é que agradeço pela por ler o meu relato. Ainda bem que você não se rendeu novamente aos analógicos.

Abs!

RacerX
EXPERIENTE
EXPERIENTE

Masculino Mensagens : 298
Data de inscrição : 08/07/2011
Idade : 46
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por kent em Dom Ago 28, 2011 12:58 am

parabéns pelo seu,
depoimento!
avatar
kent
EXPERT
EXPERT

Masculino Mensagens : 1063
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 26
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 30 dias de Vapor

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum